terça-feira, 27 de outubro de 2015

Troféu Brasil 2015 - 5ª Etapa - Santos - Relato e fotos

Estava bem confiante em fazer uma boa prova.
Finalmente, vinha de um período razoável de treinos sólidos, sem nenhuma lesão ou problema mais sério.

Comecei a treinar com o Silvão (SMAERun) há pouco mais de dois meses.
Aproveito aqui para agradecer sinceramente e publicamente o longo tempo de parceria que tive com Ivan Yague (desde 2007).

No sábado, como sempre, foi difícil conseguir dormir cedo, mas isso é normal.
Para quem tem o hábito de dormir por volta da meia-noite ou mais, é difícil conseguir ter sono cedo.
Mesmo assim, acordei bem disposto e fui, debaixo de uma chuva chata, pedalando para a transição.

Chegando lá, estranhei a pouca quantidade de atletas (somando Short e Olímpico).
Muitos atletas reclamam de preço. Só se for. Porque de resto não tenho críticas.

Brinquei com os vários conhecidos que lá estavam como atletas ou não, e fui me preparando, tomando um mel, hidratando, colocando roupa de borracha etc.


(Clique em qualquer imagem, para ver em tamanho original)

1-Selfie tradicional

2-Com Cezar, debutando no olímpico e rumo ao Ironman

3-Melzinho na chupeta

4-Walter Lemmy, da mesma categoria

5-Ricardo Saldanha

6-Zuando o Maluf, ainda afastado das provas

7-Cezar


Depois, como de praxe, uma alongada na carcaça, entrar no mar para ver as condições de temperatura e correnteza, etc.

8-Alongando um pouco

9-Veteranos


Havia um pouco de correnteza para a esquerda (maré enchendo), o que facilitava a ida da primeira para a segunda bóia, mas dificultava a ida para a primeira e a volta para a praia. Mas, nada muito forte.

Fomos para o curral de largada... me concentrei, pedi proteção, agradeci por poder estar mais uma vez em uma largada e....fuóóóóóó.


10-Concentração

11-Corrida para o mar


Natação
Larguei pela direita e fiz uma natação tranqüila nas duas voltas, acertando sem maiores problemas a navegação.
Tinha bastante água, viu?
Tanto que também achei meio alto o tempo dos profissionais na natação.
No meu caso específico, foi bom porque consegui sair bem na categoria.

12-Primeira volta

13-Segunda volta


Ciclismo
Primeira missão cumprida, vamos à segunda: pedal.
O circuito desta vez estava, do meu ponto de vista, perfeito.
Até mesmo o cruzamento da via férrea, na perimetral, estava muito mais seguro.
A organização melhorou muito o trecho, com vários staffs sinalizando e colocando alguns “enchimentos” nos vãos, cobrindo inclusive a parte lateral de paralelepípedos.
Esse circuito só perde em qualidade para o do Internacional de Santos, que é na Via Anchieta. Claro, na minha opinião.

Pedalei de forma razoável, sem forçar ao extremo, mas também sem aliviar em nenhum momento.
Na segunda volta, arreou um molho junto com um vento chato pra dedéu.
Mas, tanto a chuva quanto o vento são para todos.

14-Terminando primeira volta

15-Chegando do pedal

16-Alguém avisa minhas pernas que agora é corrida

17-Ô dureza


Corrida
Segunda missão cumprida... hora de correr.
Consegui manter um ritmo bom de corrida, como esperava.
No início da segunda volta, uma dor no músculo da coxa esquerda, logo acima do joelho, me preocupou. Mas percebia que era como câimbra prestes a aparecer.
Cheguei a dar umas 3 paradas bem rápidas para “tuchar” o dedão nesse músculo. Aí conseguia manter mais uma distância sem dor.

18-Bóra

19-Última volta

20-Cara de contentamento... tava acabando

21-Cabô


Premiação
Assim que cheguei, entreguei o chip, peguei a medalha e.... câimbras... muito fortes... no adutor da outra perna.
Acho que, sem perceber, acabei sobrecarregando a perna direita, como forma de “proteger” a esquerda que estava reclamando.
Era engraçado... se eu parasse por um segundo que fosse, as câimbras vinham... nem conseguia alongar... precisei ficar um bom tempo caminhando de um lado para o outro, para não sentir.
Acho que quem via pensava que eu estava ligadão... kkkkk

22-Marvada


Bom, pela minha percepção na prova e pelo que a Neuza falava quando nos cruzávamos, devia ter terminado em segundo, atrás apenas do Ricardo Saldanha, que fez uma puta prova.

Para o meu objetivo de campeonato estaria bom, ótimo, excelente.
Ficamos ali Neuza, Seu Carneirinho e eu, aguardando a premiação.

23-Sempre presentes, Neuza e Carneirinho


Dalí a pouco, a Neuza foi ver se já havia saído a publicação dos resultados e voltou com aquele jeitinho...

- Já saiu o resultado?
- Já.
- Segundo?
- Não.... (pausa)... você ganhou.
- Como assim? E o Ricardo?
- Sei não.

Fui atrás dele, pois o havia visto entrar na transição para catar suas coisas.
Encontrei-o saindo da transição, com sua mulher.

- Ricardo, a Neuza foi ver o resultado e teu nome não está lá.
- Eu sei... tô entrando com recurso.
- Vai logo lá... boa sorte!!!

Bom, não vou entrar no mérito das punições.
Não creio que ele precisasse cometer qualquer infração para se beneficiar.
Até mesmo porque chegou muuuuito na minha frente. E conheço o histórico dele no Triathlon.
Mas, punições acontecem mesmo sem querer.
Eu já fui punido por ultrapassar um atleta pela direita. Isso porque, mesmo eu gritando, o cara não saía da esquerda e a moto com o fiscal, que estava atrás de mim, não fazia nada a não ser assistir.

Bom, a primeira colocação caiu no meu colo.
O que já estava ótimo ainda melhorou, embora tenha ficado realmente chateado com o episódio do Ricardo.

24-Só alegria

25-Troféu


Acho que era isso.
Aloha, bons treinos e até a última etapa, em 13/12/15.

3AV
Marco Cyrino


9 comentários:

  1. Parabéns Marcão. Como sempre excelente cobertura a Neusa dando seu show fora das pistas. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neuzita tá virando profissional...hahahaha. Se cuida Zezé....kkkkk

      Excluir
    2. Esqueci de dar os créditos das fotos para a Neuza...mas nem precisa né ??? Já sabem de sua arte....hahaha

      Excluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Meu irmao querido...a emoçao atrapalha o raciocinio....sempre ti considerei o meu super homem!!!...Meu amor querido, parabens ....ti amo....(além di tudo....lindo !!!!)

    ResponderExcluir