domingo, 14 de agosto de 2016

Desenvolvimento psicológico


O Desenvolvimento Psicológico positivo é um conceito simples do esporte (e demais áreas de nossas vidas), porém um dos mais difíceis de dominar.

Normalmente, durante várias tarefas diárias, nos confrontamos com nossos pensamentos questionando se somos ou não capazes de realizar essas tarefas. E se sim, se as realizaremos mal, meia-bola ou muito bem.

Se você estiver, por exemplo, em uma corrida de 10 km e um atleta de sua categoria o ultrapassar como se estivesse passeando, você vai se deixar levar para baixo ou para cima?

Por incrível que pareça é normal que você se deixe levar para baixo.
Por quê?
Porque é o normal... simples assim.
Porém, esteja preparado para reagir.

Procure substituir as reações negativas por positivas.

Dando um exemplo:
Você é um jogador de futebol e vai bater um pênalti.
Se o jogo estiver 4x0 para o seu time, esqueça...
Você vai bater bem e a bola vai entrar no gol.

E se o jogo estiver em uma decisão por pênaltis, para ganhar o campeonato, e você for o último cobrador?

Mudou tudo...
O tamanho do gol passará de 7 metros para 1 metro e o goleiro, que mede 1,80 m, você o verá com 3,50 m.
É assim.

Mas, à medida que você trabalhar seu lado psicológico, tanto o tamanho do gol quanto o do goleiro voltarão às suas medidas originais. Nem mais nem menos. Até porque o excesso também é prejudicial.

Evidentemente o fator psicológico tem que estar aliado à sua confiança adquirida durante os treinamentos. Uma coisa não substitui a outra.

Se você estiver devidamente treinado, consciente de suas habilidades, não haverá situação que possa impedi-lo de executar bem a cobrança do pênalti, a não ser uma das duas (ou as duas):

- O goleiro fez melhor o seu trabalho.
- Você se deixou influenciar pelo "Desenvolvimento Psicológico" negativo.


O Desenvolvimento Psicológico deve conter objetivos críveis.

Não adianta eu trabalhar minha cabeça para pegar uma vaga em Kona, no Ironman, se a diferença de tempo entre a minha realidade e o tempo da vaga for de 2 horas.

Por mais otimista que eu seja, tenho que investir em outros fatores para chegar perto desse objetivo.

Porém, chegando perto desse objetivo, o Desenvolvimento Psicológico pode e fará toda a diferença.


Hoje, embora nunca tenha tido resultados animadores em Ironmans, posso me orgulhar de ter completado todos aqueles de que participei (aliás, completei todas as provas em todas as distâncias em que participei). Boa parte delas enfrentando obstáculos que me fariam desistir, caso não tivesse praticado muito um Desenvolvimento Psicológico positivo.

Quando falo em tornar o objetivo crível, do meu ponto de vista, é estabelecer metas possíveis dentro daquilo que você pôde investir em seus treinamentos.

Se eu pude treinar para completar um Ironman para 12 horas, não adianta eu estabelecer como meta o tempo de 10 horas. Mas tenho o direito de, durante a prova, me desafiar a fazê-lo para baixo desse tempo, monitorando meu lado físico e principalmente psicológico. Isso não exclui, ao contrário, os percalços que acontecem durante uma prova longa.

Você pode e deve desenvolver sempre vários cenários para sua tão almejada prova.

Uns muito positivos e outros muito negativos.

Ao fazer isso você estará se preparando psicologicamente para enfrentá-los.

Se, numa determinada etapa da prova, as coisas não acontecerem como o planejado, pense positivamente. Estabeleça metas parciais. Vá de micro-etapas em micro-etapas.

Já houve prova em que, não interessa o problema, me senti absolutamente sem condições de terminar a natação (1ª etapa de um Long Distance).
Relutei, quase abandonei, e depois resolvi seguir nadando peito, "cachorrinho", boiando, até o final da natação, estabelecendo como meta apenas a próxima bóia.

Como resultado, acabei em 4º lugar na categoria, ao final da prova.

Pensava... já que "fu...", vou chegar até a próxima bóia. Depois vejo o que faço. Sei que lá eu vou chegar.
E assim foi.
Isso é praticamente escolher e praticar um mantra.
"Não vou me entregar assim facilmente".
ou
"Sou forte... consigo chegar à próxima meta".


Em treinos também tenho aprendido a utilizar um pensamento positivo.

Correndo séries de 1 km, recentemente, pós Iron, imaginava ser muito difícil correr abaixo de x,yy/km.
Fiz o primeiro tiro de 1 km muito acima do que pretendia.
No intervalo, fiquei mentalizando que, sem muitos riscos, seria sim capaz de fazer dentro do tempo imaginado.

Trabalhando isso mentalmente terminei as séries com tempo melhor do que imaginava.


Quero dizer com isso que o treinamento psicológico é tão importante quanto o físico.
Que um não substitui o outro.

E que, para termos condicionamento psicológico, nada melhor do que acreditar em nós mesmos... e para isso temos que ter autoconfiança... e por último... isso só será atingido com muito treino.

A ordem cronológica é esta:

Viver saudavelmente
Treinar consistentemente.
Treinar adequadamente.
Obter autoconfiança.
Treinar o Desenvolvimento Psicológico.

Este último entra em todas as etapas anteriores.


3AV
Marco Cyrino


2 comentários:

  1. Boa Marcão
    Cabeça saudável é a base pra começar qualquer projeto esportivo.

    ResponderExcluir