quinta-feira, 18 de maio de 2017

Natação para "não nadadores", em Triathlons longos



1º - Este post não é para ser analisado, tampouco criticado, por nadadores dos bãos. A não ser que queiram complementá-lo com mais dicas.

2º - Isto porque eles, os "bãos", não sabem a dificuldade da natação para os "não nadadores" e sequer imaginam essa dificuldade elevada à 10ª potência, quando é o início de um Triathlon longo.

Considero como longo qualquer Triathlon a partir da Distância Olímpica (1,5 – 40 – 10). Nos Shorts, Sprints etc., provavelmente a utilidade deste texto seja bem menor.


Vamos lá...

Decidi falar sobre isto porque, às vésperas do próximo Ironman Floripa, a natação é uma coisa que sempre me preocupa.

Já disse isto em várias outras postagens, mas, não custa repetir, respeito total e irrestrito às águas (e a todos os elementos da natureza), em especial, ao mar.
Não vou, portanto, me alongar quanto a isto.

A natação, especificamente em provas de Triathlon, pode fazer, e faz, toda a diferença no restante da prova, ou seja, no ciclismo e na corrida.


Provas curtas
Levando em consideração uma prova de Triathlon curta, digamos um Short, com distâncias de 750m, 20km, 5km, respectivamente natação, pedal e corrida, não há muito o que fazer.
Se o seu objetivo for fazê-la de forma competitiva, terá de dar os seus 100% o tempo todo.


Provas longas
Já, a partir de provas nas distâncias Olímpicas e acima, obviamente também vai depender do seu intento quanto aos resultados.

Se você for um atleta de ponta (o que não é o principal direcionamento deste Blog, embora possa servir a alguns), também o jeito é dar 100% nas 3 modalidades.

Caso contrário, não vale a pena exigir mais do seu corpo na natação, por vários motivos.

Vejamos...

Em uma prova Olímpica (1500m, 40km, 10km) se você nadar para 30 minutos, pedalar para 1h10m e correr para 55m, contando já os tempos das transições, conseguirá completar em 2h35m.
(Estou colocando os meus parâmetros pessoais aqui.)
Essas 2h35m representam 155 minutos.
Logo, sua natação representaria apenas um pouco menos de 20% do tempo total.


Já, em um Ironman, se você nadar para 1h20m, pedalar para 6h30m e correr para 4h40m (novamente colocando meus parâmetros), também já contando as transições, você completará a prova em 12h30m.
Ou seja, 750 minutos.
Sua natação seria de 80 minutos.
Portanto, somente um pouco mais do que 10% do tempo total.


Daí que, se você não for um ótimo ou um bom nadador, não se esforce mais do que o necessário, durante essa etapa.
Não vale a pena.

Caso você se exceda no esforço durante a natação e sair do mar (ou lagoa) desnecessariamente "afogado", irá comprometer todo o resto (entre 80% e 90%) da sua prova.

Tenha em mente que o dispêndio de energia para se ganhar um certo tempo na natação é muito maior do que para se ganhar esse mesmo tempo pedalando ou correndo.


Algumas lições aprendidas

* Ao iniciar a prova não deixe a adrenalina dominar seu corpo e cérebro mais do que já estava dominando antes da largada.

* Nade o mais confortável possível durante todo o percurso.
Se necessário, faça um percurso mais longo, procurando fugir da "porradaria" da largada, mesmo que isto lhe custe uns segundos a mais, fazendo uma trajetória mais aberta ou fechada, dependendo de sua posição na largada.

Já fiz natações muito boas e outras muito ruins por não seguir estes meus próprios conselhos.

* Durante a natação, pense que é só o aquecimento para o resto da prova.

* Procure se aclimatar com a temperatura e condições do mar (ou da lagoa) antes da largada. Vale muito a pena.

* Por mais treinado em piscina que você esteja, as condições de prova são totalmente diferentes. Se você se empolgar e sair a milhão logo na largada, não tenha dúvida de que vai "afogar" em poucos metros e depois não conseguirá entrar no ritmo adequado.

Já saí da natação em um tempo ótimo, para a minha performance normal, e sifudí no resto da prova.

Já saí da natação em um tempo péssimo (então por acidentes na largada ou durante o percurso) e me vi obrigado a fazer uma natação extremamente conservadora, apenas para terminar a prova. Resultado: obtive minhas melhores classificações.

Não que isso seja regra, mas, sair da natação com a FC baixa e bem disposto faz toda a diferença.


Alguns conselhos

* Treine muito.
Mas treine muito mesmo. Quanto mais treinado estiver maior será sua confiança na hora da prova. Mas não deixe isso superar seu raciocínio.

* Seja precavido na prova.
Melhor perder 2 a 3 minutos na natação do que 20 a 30 minutos nas demais etapas.

* Não entre na adrenalina pré-largada.
Muitos atletas, antes da largada, ficam "botando pilha" nos demais. Tipo:
- "É agora.... vamu qui vamu.... táca-le pau....", etc.

Esqueça. Retire-se pouco antes da largada, faça uma prece (para quem crê) pedindo apenas proteção, respire profundamente pelo nariz, soltando o ar pela boca várias vezes. Apenas se aqueça, se alongue e bola pra frente que atrás vem gente.

* Nade o mais tranqüilo possível.
É possível, e não é difícil que aconteça, que um certo medo e até mesmo pânico tome conta de nosso corpo. Se você treinou o suficiente para completar uns 4.000m e se entrar no mar calmamente, sem se preocupar com todo o resto, tipo competidores, performance, etc... relaxe... vá nadando, navegando e curtindo... olhe de tempo em tempo para a frente para navegar adequadamente... sinta a água salgada no seu rosto, em sua boca e... curta muito.
É só o início. Para que pressa?

* Saia da água com a FC o mais baixa possível.
Não tenha pressa em fazer a sua transição.
Isso também já deve ter sido treinado, pelo menos em sua mente.


Daí para frente é aplicar o aprendizado dos outros treinos.

Como eu gosto de pensar... durante toda a etapa da natação, ao respirar, procure sorrir... facilita a respiração e ajuda a mente.

Espero que este post sirva para algum futuro Ironman ou Ironwoman !!!


Aloha !!!

3AV
Marco Cyrino


4 comentários:

  1. É Marcão boas dicas. Mas falo por mim, mesmo seguindo todas essas dicas, tem dia que ja na primeira boia eu me pergunto "queque to fazendo aqui".Kkkk
    Boa prova e arrebenta la em Floripa. Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Renê. É assim mesmo. SEMPRE na primeira bóia eu faço essa pergunta...kkkk

      Excluir
  2. Excelente texto....

    ResponderExcluir