terça-feira, 22 de maio de 2018

Indo para um mundial de longa distância


Mundial do Challenge, em Samorin, Eslováquia... chegando.

Próximo final de semana, ocorrerá o Ironman Brasil, em Floripa.
Na outra semana, o Mundial do Challenge.

Todas as atenções voltadas para o Ironman Brasil.
Quase todas.

Minhas atenções estão voltadas também para o Ironman Brasil, mas principalmente para o Challenge – Samorin.

Desejo, do fundo do coração, tudo de bom para quem irá competir no Ironman Brasil.

Dentro do possível, vou acompanhar as performances dos profissionais, amadores, amigos, colegas, próximos, enfim... dos Irons.
Provavelmente não terei muito tempo para isso, por ser véspera da minha viagem para o Challenge.

Expectativas, dúvidas e tudo o mais...

Exige uma baita logística fazer uma prova no exterior, pelo menos para quem nunca fez, como eu.


Viagem - preparação

Confirmar (e pagar) inscrição – Reservar hotel – Verificar e providenciar as coisas em relação ao local de destino (money, vacinas, passaporte, vistos, enfim...) – Seguro obrigatório – Mala-bike – Bike – Suplementos – Roupas para a prova – Equipamentos para a prova – Passagens aéreas – Traslados de origem e destino... Muuuitas coisas!

Independentemente do local da prova, tudo há que ser visto e revisto com muita antecedência.

Fiz uma checklist que, a cada semana que passava, ia aumentando.
E, vou te falar que, às vésperas da prova, ela continua aumentando... kkk


Opções de vôo

Se a prova fosse em Lisboa (Portugal), Londres (Inglaterra), Frankfurt (Alemanha), Roma (Itália), Madrid (Espanha), ou talvez outra grande cidade de um grande país europeu, seria uma perna só.
Partiria do Brasil (no meu caso GRU – São Paulo) direto pro país e cidade da prova.

De GRU para qualquer uma das capitais acima mencionadas, com mudança de aeronave para outro país (menos Eslováquia)... e outro vôo (ou parte terrestre) para Bratislava... e, de lá, um outro traslado para Samorin.

Para os brazucas, penso eu, a prova já começa aí.

Será mais de 1 dia de viagem (computando a diferença de fuso horário de 5 horas).

Ainda pensando e decidindo como vou de Viena para Samorin (via Bratislava ou não).
Pode ser de trem, ônibus ou van.


Preparação para o mundial

Não foi como esperava e nem como queria.
Mas, Deus sempre escreve certo por linhas tortas.

Tive perrengues (queda de imunidade) que me impediram de treinar por 4 semanas. Voltei a treinar e, depois de 3 semanas de treinos bons, os problemas voltaram. Mais uma semana perdida.

Voltei e, até agora, mais nenhuma intercorrência.
Junto com o Silvão, meu coach, decidimos por priorizar a resistência.

Por falta de treinos específicos, a performance não será a melhor (pode até ser), mas, pretendo chegar com a confiança na distância.

Vai saber se isso não aconteceu para que eu tenha um bom desempenho?
Vai saber se isso não aconteceu para que eu me preservasse?
Vai saber se....?
Enfim... vai saber???


Dúvidas

Muitas...

A começar pelo idioma.

Meu Inglês (não tirem sarro, não) nunca foi bom.
Enquanto ainda trabalhava, esporadicamente recebia a visita de um "gringo", diretor de alguma empresa cliente, e acabava tendo a oportunidade de praticar minimamente.

Quase 2 anos e meio já aposentado, sem nunca mais praticar o parco Inglês, preciso pensar uns 10 minutos antes de elaborar uma frase... e para ouvir então... o cidadão (ou cidadoa) vai ter que "hablar em Inglés", bem pausadamente, para que "yo pueda entenderlo"... kkk

E soube que, na Eslováquia, o povo não se esforça muito para se comunicar em Inglês.
Será que encontro alguém que fale Português?
Bom... se não der no idioma, vai na mímica mesmo.


A prova

A prova vai ser do jeito que der.

Receio da temperatura do Rio Danúbio e da temperatura local.
Pelo que vi, a temperatura local não deve ser muito diferente da nossa, nesta época do ano. (percurso natação)

Pelo visto, o pedal será uma única volta de 90 km, sendo quase todo o percurso pelas margens do Rio Danúbio.
Plano, portanto. (percurso ciclismo)

A corrida, se não estiver enganado, serão 3 voltas de 7 km cada, com direito a todo o tipo de piso: asfalto, lajotas, grama, etc.
Deve ser muito legal, por ser praticamente toda dentro Complexo X-Bionic. Torcida presente o tempo todo. (percurso corrida)


De resto, muita sorte a todos os atletas que participarão dessa prova. Sejam brasileiros, sul-americanos, americanos, africanos, europeus, asiáticos... a todos.

Que possamos fazer o nosso melhor, da melhor forma possível.


Aloha !

3AV
Marco Cyrino




3 comentários:

  1. Boa prova Marcão, vai dar tudo certo !!!!

    ResponderExcluir
  2. Brother .... You rock !!

    Vai dar tudo muiiiiiiiiiiiiito certo, acredite !!

    quebra tudo, Marcão !!

    ResponderExcluir