domingo, 5 de janeiro de 2014

Natação de Final de Ano 2013/14 - Fotos & História prá se pensar

As fotos
Demorou, mas aqui estão as fotos que a Neuza fez, do Treinão de Natação até o Pirulitão, deste final de ano 2013/14.

Várias fotos (de outras pessoas que participaram) já estão divulgadas no FB.

O evento
Foi algo em torno de 2.800 a 3.000m, com entrada no mar às 10h00 da manhã do dia 31/12/2013.

Este evento, que já ocorre há alguns anos, atingiu uma bela abrangência.

Juro que não sei dizer ao certo quem são os responsáveis diretos pelo evento, mas, com certeza, estão entre eles os irmãos Jorge e Silvio Nalauski, Vilela, Fabiano (3KM Solidários), e alguns outros.

Aliás, Silvio e Jorge Nalauski sempre postam convites no FB para treinões até o Pirulitão.

O Treinão de Final de Ano tem recebido cada vez mais apoio de assessorias e de todos do meio esportivo.

O Vilela já postou a quantidade de alimentos arrecadada (vale lembrar que a única "exigência" é que cada atleta leve pelo menos 1 kg de alimento não perecível, exceto açúcar e sal...
Sim, houve alguns kg de açúcar e de sal...rsrsrs.... mas o que vale é a intenção.

É uma ótima oportunidade para se fazer um treinaço de natação com segurança (apoio do Corpo de Bombeiros, SUPs, caiaques, etc.) nesse percurso, além podermos confraternizar no Pirulitão com uma legítima "Manhê Chandão", né Vilela?

Muito legal estar ali, na companhia de atletas top, como os Galindez, pai e filho, Edney Batista e outros.

Muito mais legal ainda estar na companhia de toda a comunidade atlética da Natação, Atletismo, Ciclismo, Triathlon, Duathlon e todos os demais athlons.

A lesão
A nota ruim (depois vi que nem tanto) é que me machuquei.
NA PANTURRILHA.
É... NA PANTURRILHA.
Ninguém leu errado não.

Eu continuo sendo o "Melhor do Mundo em Me Machucar na Panturrilha, Indo Nadar".

Agora, em 2014, irei (se Deus quiser) para meu 5º Ironman Brasil.
Estava super confiante, depois de um segundo semestre de 2013 com uma seqüência de lesões na panturrilha da perna esquerda.
E foi ela mesma que me f....!
Ou não...

Saímos, Neuza e eu, de casa para o evento, como sempre atrasados.
Tínhamos aproximadamente 25 minutos para caminhar do Canal 1 ao Canal 4... e levando alguns quilos de alimentos.

Perto do Canal 3, a Neuza me falou:

- Vai correndo senão vai perder a "largada".

Fui... de boa. Descalço. Não senti absolutamente nada.
Cheguei lá, cumprimentei e brinquei com todo mundo.
Tiramos fotos. Zoamos uns com os outros. Muito feliz.

Na beira do mar, o Vilela começou a contagem regressiva para a "largada":

- 260, 259, 258... kkk
- 9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1... partiu.

Saí correndo, como em largada de Short Triathlon.
Não... não foi aí.
Um monte de camaradas deu risada e coisa e tal.

Mais para frente, fui colocar os óculos quando, pisei em algo que ficou grudado no calcanhar da perna esquerda.

Reação automática, dei um pulo... e nesse pulo senti uma fisgada muito forte na panturrilha.

Tomara que esteja errado (ainda estou marcando exames, ressonância), mas tenho a impressão de ter "escutado" algo como um pano velho se rasgando.

Quero acreditar que tenha sido "apenas" mais uma contratura e não uma distensão (rompimento de fibras musculares - tempo muito maior de recuperação).

Pensei na hora:
- FODEU !

Apoiei com cuidado a perna no chão (com a água pela cintura).
Doeu. Mas doeu muito.

Pensei:
- VOU VOLTAR.
- VOU PORRA NENHUMA. VOU DAR UMAS BRAÇADAS E VER.

Aos poucos, fui nadando e, como quase não bato pernas (mentirinha: NÃO É QUASE... EU NÃO BATO PERNAS), resolvi continuar, para depois ver o que aconteceu.

Fui, voltei, me diverti (com dor, mas me diverti).
Duro foi voltar para casa manquitolando.
Mas Joka e Soon (além da Neuza, claro) foram excelentes companhias.

História pra se pensar
Quando comecei a contar sobre a lesão, disse que isso não foi, digamos, tão ruim.

Vejamos...

Cheguei em casa, fiz gelo pra caramba, dei uma massageada, enfim, fiz tudo o que conheço para amenizar.

Meia noite, fomos à praia.
Queima de fogos, comemorações, confraternização com minha família e a da Neuza, etc.

Depois, voltamos à praia para acender nossa velas e dar um mergulho.

Em meio às nossas orações, alguém pega do meu pescoço minha correntinha (que, àquela altura, já não era minha e sim da Entidade Protetora dos Mares), puxa, arrebenta e sai correndo.

Reação imediata: sair atrás do vagabundo.

Primeiro passo com a perna direita, arrancando.
Estou a um palmo do fdp.
Segundo passo, não deu.
Era a perna esquerda. Doeu pra cara...!

Gritei:
- Otário! Tu não sabes o que te espera.

Fato
Se não estivesse lesionado tenho absoluta certeza de que pegaria o cara em no máximo 10 metros.
Mas, atrás dele vinham uns 20 comparsas (estou me segurando para não escrever mais palavrões do que já escrevi).

Conclusão

Se não estivesse lesionado, eu haveria pego um FDP... e seria pego pelos demais FDPs que estavam com ele...


Fotos

1 - Vilela correndo para a foto - eu derrubado no StandUp

2 - Vilela Chegou

3 - Deixa beber um pouco de água

4 - Tradicional

5 - Râmunadájoquinha

6 - Intãorrâmu

7 - Galerona indo...

 8 - Apoio dos Bombeiros

9 - Chegando ao Pirulitão... belo zoom, da areia

10 - Estiloso

11 - Joka indo para a transição... kkk

12 - Galindez family

13 - Felipe Cidral

14 - Felipe e Edmilson

15 - Cheguei

16 - Já vou sair

17 - Fumo i vortemo

18 - Hora da melancia, com Fernando Rocha

19 - Doações

20 - Mais doações

21 - Motorzinho

22 - Filhinho do Denis

23 - Joka e Rubão

24 - Elas - Soonjoka e Neuzacyrino

25 - As fotógrafas oficiais, com Rubão

26 - Estrutura de apoio


FELIZ 2014 PARA TODOS NÓS!

3AV
Marco Cyrino


21 comentários:

  1. Tu deu foi muita sorte, tem que fazer um altar para essa panturrilha, pelo menos terminou e começou bem o ano por causa dela, também estava na praia, como metade de Santos, para a virada, e vi ondas de FDPs passando entre nos, alegres e descontraídas pessoas normais, que estavam ali para troca de energia, e essas ordas de bandidos, para nos roubar, já foi, que bom que você estava com a panturrilha machucada. Depois falo sobre a organização da prova. Aloha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem total razão Vilela. Depois disso ainda víamos hordas de bandidinhos (tudo "di menó") percorrendo a faixa de areia atrás de vítimas.
      Até quando ?
      Quanto a lesão, sempre procuro entender o porque das coisas acontecerem. Quando me machuco por "cagada" minha fica fácil entender. Mas quando acontece da forma que aconteceu na hora me deixa muuuito chateado. Só depois é que vamos entender.
      Meus agradecimentos à Harahel.

      Excluir
  2. Marcão, vamos lá para "esclarecer" sobre a organização, talvez esse post seja "histórico", pois perdi maior tempão nesse domingo chuvoso para pesquisar esses dados, e não pretendo fazer isso de novo kkk.
    Não á dúvida que os criadores e incentivadores do evento Passeio Aquático até o farol (ou pirulito), são os irmãos Sílvio/Jorge, ou Jorge/Sílvio, não sei quem é o mais velho, entre gêmeos só eles mesmos é quem sabem rss. Então há vários anos, logo quando o tempo começa a esquentar, eles promovem TODOS os Domingos e Feriados durante o verão, esse passeio, convidando, na sua maioria, os nadadores, que é a comunidade dos irmãos Naslauski.
    Em 2009, já com o facebook começando a bombar, acho que na época quem bombava mesmo era o orkut rss, recebi um desses convites e falei com um dos 2 (nunca sei quem é kkk) se poderia ampliar o convite e chamar os triatletas e começar a "organizar" uma estruturinha com o suporte da UTBS, para criar um evento denominado "Passeio Aquático do Resto do Final do Ano", e dessa maneira, como presidente da UTBS, convidei os amigos mais próximos e "naquela época", através de emails e no boca a boca, para nos confraternizarmos no último dia do ano de 2009. E assim foi:

    ResponderExcluir
  3. Bom, em 2009 conseguimos reunir uma barraca da GAMA Assessoria Esportiva, que disponibilizou hidratação também, a UTBS pagou as frutas, o GBMar já se fez presente para a prevenção e tivemos até uns "rachas" na água com o Paulinho, Fred Monteiro, Cauê, nadando forte de verdade, além da participação da Zezé, meu filho Felipe, meu irmão Jadson e até eu nadei kkk, dessa 1a. edição tenho poucas fotos no computador da Zezé, que nem mostram a estrutura montada, mais arquivo familiar mesmo. Contamos com no máximo 100 pessoas no total, mas que nadaram, não chegaram a 50.
    Em 2010 eu já comecei a fazer os convites diretamente no facebook e iniciou-se o apoio da Ironlife com montagem de barraca, hidratação e uma participação direta na logística no dia do passeio. Ampliou-se mais ainda a participação dos Bombeiros, as frutas continuaram a serem pagas pela UTBS, foi o anos em que você participou pela 1a. vez (pelo menos está na foto kkk), nesse ano foram agregados o corredores, ciclistas, caminhantes, sedentários kkk e a "festa" ficou mais bonita, com certeza chegamos próximos aos 100 que caíram na água, ainda houve quem quisesse nadar de verdade kkk.
    Em 2011 iniciou o apoio através de barraca da Estilo do Corpo, além é lógico dos seus nadadores que estavam presentes desde a 1a. edição. Então tínhamos as barracas da Estilo, Ironlife (com hidratação+logística), GBMar com botes, lanchas, pranchão, viaturas, homens (e mulheres), frutas pagas pela UTBS, e a entrada do Panathlon Club de Santos. Passamos com certeza dos 100 nadadores na água e a "coisa" começou a virar passeio de verdade, com o pessoal já relaxando e curtindo, acho que nesse ano já tivemos champanhe no pirulito levada pelo Menna.
    Em 2012 o movimento se ampliou, continuamos com a Ironlife (hidratação+logística), Estilo do Corpo, 3 km Solidário, Bike Shop, CRD3, GBMar com tudo que tinha direito, eu comprei as frutas, o Panathlon Club ampliou o apoio em pessoal e logística, foram ofertados vários brindes que foram sorteados, tivemos mais de 100 kg de alimentos recolhidos, que foram doados à casa vó benedita, através do Fabiano dos 3 Km Solidários, ah é bom dizer que desde a 2a. edição recolhemos alimentos que eram entregues ao Fundo Social de Solidariedade de Santos, através da UTBS, e com certeza tivemos próximos dos 150 nadadores na água.

    ResponderExcluir
  4. Para fechar Marcão, nessa 5a. edição do Passeio Aquático do Resto do Final do Ano, tivemos a participação efetiva da Ironlife (barraca+hidratação+logística), Estilo do Corpo (barraca), Bike Shop (barraca), Panathlon Club de Santos (logística), YPS (som), GBMar (segurança e prevenção terrestre e marítima), caiaques, pranchas e SUPs. Várias empresas e amigos cedendo brindes para sorteios (inclusive você ganhou, mas não levou porque já tinha ido embora kkk).
    Foram mais de 188 kg de alimentos recolhidos e já entregues no FSSS, e com certeza próximo aos 200 nadadores na água, já falei que vamos quebrar a São Silvestre logo logo kkk.
    Na verdade nem lembro mais qual foi sua pergunta inicial, mas com certeza o start de tudo foi com os irmãos Naslauski, nós apenas estamos tentando dar continuidade à ideia, em uma data específica, transformando tudo em uma grande confraternização onde amigos, que tem em comum o ESPORTE, seja ela qual for, encontram-se no último dia do ano e transformam esse encontro, além da alegria, em uma ação social, através da doação de alimentos.
    A resposta talvez seja, SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS, precisamos sim é nos organizarmos.
    ALOHA amigo, e guarde esses posts, agora quando alguém me perguntar alguma coisa, vou mandar ir no teu blog kkk (desculpe ter ocupado tanto o teu espaço)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caraca...sabia que tu ias engolir a isca. Ias pesquisar, relembrar, enfim, dar as respostas que eu gostaria e que agora já estão arquivadas para a posteridade...kkk
      Muito bom, Vilela. Se Deus quiser neste ano vamos dobrar o evento. No que puder ajudar na organização, divulgação, etc, desde já conte comigo.
      E a UTBS ??? Marreu ???
      Quanto a se desculpar por ocupar espaço eu é que agradeço.
      Inclusive agradeço sua presença neste espaço desde o início.
      ALOHA !

      Excluir
    2. Infelizmente a UTBS está em processo de extinção, estamos fechando as contas e apagando as luzes, eu e Célio tentamos levar, mas só levamos, e com esse papo de conta aberta só descontando encargos, já viu né, infelizmente mesmo.

      Excluir
    3. Caraca...triste notícia. Será que não tem como mantê-la em "coma induzido" até que se possa achar a "cura" ?

      Excluir
  5. Grandes histórias! E ainda saio na foto com a boca cheia de melancia! Foi a primeira vez que participei. Muito bom, climão de festa, poder "treinar" (foi a primeira natação desde a etapa 1 TP de 2013) e poder ajudar as pessoas. Parabéns para quem teve a idéia inicial. Parabéns para quem conseguiu aumentar e divulgar esta idéia. Parabéns para quem organizou, trabalhou, animou para todos que participaram. Já faz parte do calendário da cidade!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Fernando. Legal que tenha gostado. 31/12 deste ano contamos contigo lá.
      Realmente acho que ainda vai fazer do calendário oficial de eventos da cidade.

      Excluir
  6. 2010 foi realmente um ano bem legal, Marcão, e trabalhoso ....
    Tive um pouquinho só de participação nisso, porque toda a estrutura já estava montada quando todos começaram a chegar, graças ao apoio incondicional do Avelino Pai, que me ajudou a pegar as barracas do Edy lá no estacionamento pra montarmos tudo ... e desmontarmos depois ... realmente foi um ano marcante, e quem sabe um dia eu consiga participar novamente !!
    Parabéns a galera da água que se juntou mais um final de ano !!
    O coletivo sempre faz a diferença !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma contribuição para a história do evento. Valeu, Silvão. Só quem se envolve assim sabe o valor disso.

      Excluir
  7. Marcão te falo, agora que to chegando perto dos 40rentões, tive a certeza que nada é por acaso e essa panturrilha como mencionou o Lela, te salvou de coisas piores.Hj nem reclamou como antes, pois vejo q o q tem ser, será e ponto final....Lógico q é bom não dar mole !!! rs Belo relato, adorei o evento parabéns aos organizadores e todos q ali estavam, agradeço tb o convite do Lela. foi minha primeira participação, nos anos anteriores eu só passa em frente....God vibes para todos obrigado pelas fotos saúde total para vc e sua esposa....Abrax man !!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma vez obrigado pela companhia e peciência do Canal 4 até o 1...acho até que em determinada hora tu tava mancando solidariamente....hahaha
      Foi tua 1a participação e te espero lá 31/12 deste ano para sua 2a.

      Excluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. No final dos anos 80 , uma turma de masters de natação que treinava no finado Olimpic Center se reunia de vez em quando para um treino ate o pirulito. Lembro do Valdemar Fentanes , Moises Mendes, Luiz Alberto Vieira , Zero, eu entre outros. Nesta epoca treinavamos forte e tinha ate um pouco de rivalidade para ver quem chegava primeiro ao farol. Bem no começo dos anos 90 em um final de ano, dia 31/12 combinamos nos despedir com um treino ate o pirulito, e assim fizemos mais alguns anos. Já nos anos 2000 passamos a nos reunir com outros nadadores para estes treinões, com a idade chegando era mais pra passeio,dai para reeditar os finais de ano foi um passo, tomando proporções de um grande evento com a chegada do Vilela. Afirmo que este evento, o mais divertido de Santos e fruto de todos aqueles que participam e participaram, sem a presença de todos não estariamos falando dele !
    Jorge Naslauski

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza o evento só chegou a esse tamanho porque tem raízes, principalmente a vocação de cidade esportiva. Temos à nossa disposição o oceano, as areias da praia, uma topografia horizontal, clima quente e úmido, só temos que saber aproveitar e conseguir canalizar o desejo de alguns, pois atender a todos é impossível e saber principalmente que não se faz nada sozinho, pode-se ter até boas idéias, mas para as por em prática é preciso da doação de cada um e de todos. Tanto a "turma das antigas", como os "novinhos como eu" kkk temos que seguir em frente e vida longa aos "Santos Naslauski"

      Excluir
    2. Jorge, lembro bem dessa época do Olimpic Center. Boas lembranças. Obrigado por resgatar mais informações sobre a história desse evento.

      Vilela, você quis dizer "os novinhos" como nós...kkkk.
      Temos oceano, areia, topografia, etc que nos ajudam. Mas estamos com uma administração que se esforça para acabar com tudo isso.

      Excluir
  10. a cada ano que passa fica melhor aindaaaaaaaa,as pessoas felizes de se encontrarem ou reencontrarem-se ,pois por incrível que parece o ano passa e não conseguimos encontrar pessoas tão queridas e....bum estamos lá, juntas no evento pra nos confraternizarmos,abraçarmos e matar as saudades.Esse passeio sem duvida nenhuma é o melhor encontro dos atletas santistas e de muitos tbem de fora da cidade que vão se juntando e deixando a festa melhor ainda.Parabéns a todos os idealizadores,
    Sandra peixinho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem lembrado. É um encontro de atletas inclusive de fora. E que seja cada vez melhor.

      Excluir