quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Duas histórias - 2

Conforme prometido no post anterior...
Tenho certeza de que cada leitor, a seu modo, captará conexões edificantes entre estas duas histórias.

Vamos a ela...

Na segunda feira, dia seguinte ao TriDash, saímos de Floripa com destino a Santos.

Havíamos resolvido visitar meu irmão José Roberto e família, que moram há um bom tempo em Jaraguá do Sul – SC.

Nas 4 vezes anteriores em que fomos a Florianópolis (2009 a 2012) para fazer o Ironman Brasil, não conseguimos tempo para visitá-los.

Desta vez não deu outra.
Vamos que vamos!

Lugar aconchegante, além da maravilhosa recepção que tivemos por ele, sua mulher Lia, a mãe dela, Dona Odete, e todo mundo que estava lá, ou passou por lá.

Entre essas pessoas, tivemos a oportunidade de conhecer pessoalmente (pois já o conhecia de conversas) o filho da Lia, Márcio.

Há uns anos, ele sofreu um acidente de moto na BR que passa muito próximo à casa de meu irmão.
Ficou um bom tempo hospitalizado, sob sério risco de morte.

Conversamos muito, pessoa alegre, cheia de energia, e de bem com a vida.
Conhecer esse cara me fez pensar o que é ser realmente um Ironman, não eu, mas ele.

E nós, Triathletas, que temos um pé sempre no egocentrismo, vivemos reclamando de tudo.

Eu reclamando de meus tempos nas provas, de minha lesão na panturrilha, da minha falta de tempo para treinar, de...

Olhem o sorriso no rosto dele.

Sabem o porquê desse sorriso?
Sabem o porquê dessa felicidade?
Porque ele está vivo.
E porque tem uma família linda.

Teria muito mais a falar, se quisesse.
Mas é isso.

Imagens que dizem tudo.

1- Márcio

2- Márcio

3- Márcio

4- Márcio, com meu irmão José, sua mãe (Lia), sua mulher e filha

5- Márcio, com meu irmão José, meu sobrinho Jr. e a namorada Michelle


3AV
Marco Cyrino

6 comentários:

  1. Marcão,

    Não sei se vocês, Triathletas reclamam muito...
    Creio que, na verdade, quase todos os seres humanos, ao menos em algumas fases da vida, reclamam bastante, ou constantemente...

    Excelente post, sem o clássico e execrável "outras pessoas passam por situações piores do que aquela da qual você reclama".
    Inspiração de pessoas com força interior para superar situações em que nem conseguiríamos nos imaginar, mantendo a felicidade de viver.
    Os motivos estão no post, seria redundante comentar mais.

    ResponderExcluir
  2. Lisonjeado pela sua interpretação, Fredão.
    Obrigado.

    ResponderExcluir
  3. Os sentimentos cabíveis para este momento, respeito e admiração, Neste ano tive o prazer de ter contato com verdadeiros Guerreiros, verdadeiros Ironmans, São estes exemplos que nos fazem mais forte e nos dão incentivo de viver..feliz!
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  4. Puxa, Marcolino, que legal você ter podido ir visitar o Zé e a Lia e que surpresa saber desta história do Márcio e poder ver a felicidade de todos ali juntos......
    Realmente existem pessoas que são abençoadas com uma força de vida incrível, a qual aparece justamente quando enfrentam, adversidades e limitações. Muito legal você ter publicado isso !
    Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi muito legal mesmo, Ana. E seu comentário também.

      Excluir